segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Os ventos do destino

Um barco sai para o leste e o outro para o oeste
Levados pelo mesmo vento que sopra;
É a posição das velas, e não o sopro do vento,
Que determina o caminho que eles seguem.
Como os barcos no mar, assim são os caminhos do destino
Ao navegarmos ao longo da vida;
É a posição da alma que determina a meta,
E não a calmaria ou a briga.


Ella Wheeler Wilcox in: "Os ventos do destino" (1916), tradução de Israel Belo de Azevedo, como citado na Revista Enfoque, n. 63, out/2006

Um comentário: